O prédio está danificado, mas a igreja não, diz pastor após ter templo depredado nos EUA
26/01/2022 20:50 em Novidades

 

A New Antioch Church of Christ teve equipamentos e janelas quebradas, somando milhões de dólares em danos.

 

 

O pastor Bill Becker, da New Antioch Church of Christ, no Alabama, nos Estados Unidos, ofereceu uma mensagem poderosa para reconfortar sua congregação, após sua igreja ser depredada.

“O prédio da igreja teve alguns danos; nosso espírito não. O prédio está danificado, mas a igreja não”, declarou Becker, em entrevista ao canal local WAAY-TV.

 

Na sexta- feira (21), o pastor Bill se deparou com a igreja totalmente destruída. Os vândalos invadiram o prédio e quebraram o vidro das janelas, equipamentos de som, arrancaram as TVs, derrubaram estantes e, até mesmo, pulverizaram todo o templo com extintores de incêndio. 

 

Uma cadeira de rodas da congregação também foi roubada pelos criminosos. Os danos foram calculados em milhões de dólares. Dois adolescentes, de 13 e 15 anos, foram acusados pelo vandalismo e roubo na igreja. 

 

Apesar da tragédia e dos danos causados pela depredação, os membros da New Antioch Church of Christ não se abateram e mantiveram sua fé inabalável. Kyle Pankey disse que acredita que o incidente fortalecerá a igreja.

 

“Prédios podem ser consertados, carros podem ser substituídos, mas ninguém ficou ferido. Acho que isso nos tornará mais fortes”, assegurou o cristão.

Um membro anônimo da igreja ofereceu misericórdia aos adolescentes vândalos e lamentou por suas famílias estarem enfrentaram a triste situação de criminalidade de seus filhos.

 

“Meus pensamentos estão realmente com a tragédia dentro das famílias, tendo que lidar com isso. Podemos reconstruir um prédio. Isso é muito mais fácil do que reorganizar uma vida ou uma família”, disse. 

 

Ignorando todas as dificuldades, a congregação da New Antioch Church of Christ se reuniu no final de semana para limpar e organizar a igreja, para que pudessem celebrar o culto de domingo.

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE